As 7 Cartas do Apocalipse – Laodicéia

Carta para Igreja de Laodicéia

Significado do nome: “Opinião do Povo”

Período: 1827 a ?

Mensagem Profética: Filadélfia Soberba

Repreensão: “Pobre, Cego e Nu”

 

“A voz do povo é a voz de Deus” – Ap 3:14

Os crentes de Laodicéia são os que participaram de Filadélfia, porém se tornaram soberbos e orgulhosos. A palavra Laodicéia significa opinião do povo. Quando lemos nos posts passados acerca da doutrina do Nicolaítas, aprendemos que Deus abomina a distinção entre crentes “chamados” para o ministério e crentes leigos, uma vez que estes “chamados” são uma espécie de mediação para os leigos chegarem ao divino. Entretanto, aqui em Laodicéia ocorre o extremo contrário. É sabido pelas escrituras que o Senhor deu diretrizes claras sobre autoridades na igreja. Porém, em Laodicéia o povo é quem dita as regras, nos remetendo ao equivocado dito popular: “A voz do povo é a voz de Deus”.

 

Mornidão… – Ap 3:15-16

Laodicéia aparenta muita coisa, porém é “coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu”, tão morna a ponto de ser vomitada!

“O espírito de soberba de Laodicéia torna-a morna e esse estado provoca o vômito. Isso acontece quando se sente um mal estar interior” – pg. 213. Devemos nos examinar a cada dia, vigiando para que a soberba não entre em nossa vida. Assim como Laodicéia, podemos nos achar excepcionais, mas o que vale é o que o Senhor vê. Creio que a última coisa que nós queremos é criar um mal estar com nosso Senhor.

 

Como Constatar a Soberba? – Ap 3:17

W. Nee escreveu sobre o que falam os crentes em Laodicéia: “Um irmão entre eles certa vez disse: ‘Existe algo espiritual em nós’? Outro irmão, ao ver uma nova revista, disse: ‘Que novidade ela pode nos dar? Há alguma coisa que não temos’? Um outro disse: ‘Uma vez que o Senhor tem nos dado a maior luz, devemos estar satisfeitos; ler o que os outros tem é perda de tempo’. Quando ouvimos aqui este tipo de falar, imediatamente lembramos o que o Senhor diz aqui a respeito daqueles que dizem ‘eu estou rico’. Oh! Quão cuidadosos precisamos ser para que não nos tornemos Laodicéia” (Ortodoxia da Igreja, pgs 90, 91).

Creio que este orgulho e soberba é nítido em diversas denominações, quando por diversas vezes elas dão a entender que são quase ‘donas da teologia’. Todos estão errados, somente elas estão certas. Diga-se de passagem, Pedro e João eram pescadores e não fizeram nenhum curso superior para serem apóstolos. Jesus disse que sinais perseguiriam os que crêem (Marcos 16:17-18). Porém, por que muitas vezes não vemos esses sinais perseguirem estes que se julgam mais sábios e cheios de conhecimento (letra)? Ao invés de gastar tempo falando mal de outras denominações, as igrejas deveriam se preocupar em confrontar os crentes com seus pecados, chamando-os ao arrependimento e principalmente buscar a unção do Espírito Santo, que não é adquirida somente com estudo.

 

A Revelação Espírito Santo – Ap 3:18

“Quantos cristãos vivem da doutrina morta estacada em suas mentes, mas sem nenhuma utilidade para o viver diário. Quantos conhecem intelectualmente a Bíblia, mas nunca manifestaram o tipo de vida que ela anuncia. Quantos crentes vivem daquilo que ouviram dos outros e de passar adiante a informação recebida. Eles raramente recebem algo diretamente do Senhor. A Palavra escrita não se torna Vida para eles. A solução para tal dificuldade é o Colírio do Espírito Santo” – pg. 221

 

Amor e Repreensão – Ap 3:1 9

“Eu repreendo e castigo a todos quanto amo: sê pois zeloso, e arrepende-te”. O Senhor convoca a igreja para disciplina e arrependimento, mas como é difícil pessoas cheias de si reconhecerem o próprio erro. Como é difícil igrejas ou até denominações reconhecerem que está tudo errado. Como é difícil a muitos líderes deixarem as frustrações de lado e perceberem que estão cegos e que a repreensão do Senhor é um ato de amor! Difícil, pois os tempos mudaram… Não há espaço para repreensão e arrependimento nas igrejas contemporâneas e modernas, em que os “intelectuais” se juntam para falar que não são legalistas e que não julgam ninguém. Lembro da passagem de 1 Coríntios 6:2, que diz: “Vocês não sabem que os santos hão de julgar o mundo?”. Nós como igreja, deveríamos ser os primeiros a fazer bons julgamentos, a começar por nós mesmos. Porém, o que acontece quando a igreja deixa de lado a tarefa de julgar? Não há repreensão, pois erroneamente poucos veem amor neste ato.

 

Conclusão

“Aqui concluímos nossa meditação sobre Laodicéia. Ela representa o espírito de soberba que pode se instalar no coração dos que viram Filadélfia, nos mostra a importância de uma fé viva, provada pelo fogo, da conduta que manifesta o caráter de Cristo e da unção do Espírito que nos leva para dentro de toda a verdade” – pg. 225

“Se o nosso desejo é ver o Senhor Jesus entronizado na Igreja, precisamos rejeitar os ensinamentos humanos e buscar a vida de realidade espiritual. O ouro refinado no fogo (fé viva), as vestes brancas (caráter de Cristo) e o colírio (revelação do Espírito) não são concedidos de graça; ele têm um preço para serem adquiridos” – pg. 225

A restauração é possível e o Senhor deixa isto claro. Mas, deve haver arrependimento.

 

 

Deus abençoe sua vida e que Ele nos encha do Seu Santo Espírito!

André Aneas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s