Pentecostal

Antiga Perspectiva Pentecostal

Desde quando ingressei no meio evangélico, com 12 anos de idade, muito pouco ouvi a respeito do movimento “pentecostal”. Para ser sincero, demorei a entender do que se tratava. Creio que a primeira vez que ouvi algo sobre este movimento foi uma crítica pejorativa a um suposto “barulho” causado por estes crentes, o que eu nunca havia presenciado. De qualquer maneira, muito embora a realidade do movimento pentecostal estivesse bem longe da minha realidade, nunca proferi nenhuma crítica, mas era claro em mim um certo “orgulho” de pertencer a uma comunidade em que ninguém se expressava de uma maneira “barulhenta”. Este argumento foi usado por mim nos poucos momentos em que falava de Jesus para alguém, pois acreditava que isto atrairia as pessoas a Deus.

Me desviei. Neste período de minha vida minha mãe foi uma das pessoas que oraram por mim. Tempos mais tarde descobri que um dos pontos específicos de sua oração era para que pessoas de Deus aparecessem em meu caminho. Acabei voltando à igreja, porém, não eram perceptíveis as evidências de uma pessoa regenerada.

Como Tudo Começou

Em 2008, na sala de aula de uma Faculdade de Administração, ouvi uma conversa de alguns colegas sobre Deus. Me achando uma cara bastante “experiente” no meio cristão perguntei se eles eram evangélicos. No decorrer da conversa logo percebi que eles eram um tanto diferentes de mim. Demonstravam uma convicção, um brilho no olhar, uma verdade diferente da minha realidade. Eles realmente criam em Deus e na Sua palavra. Não demorou muito para eu começar a discutir com eles, alegando radicalismo e intolerância a respeito do que para mim sempre foi normal. “Quer dizer que se eu bebo minha cerveja eu não sou de Deus?”, foi uma das perguntas que eu, um então “boêmio gospel”, fiz aqueles servos do Altíssimo. Imediatamente um deles olhou nos meus olhos e disse: “Sei que você é de Deus desde quando você entrou nesta sala”. A forma como as palavras foram faladas, o clima de tensão que se gerou, todas minhas frustrações e decepções por não estar convicto da minha fé me fizeram simplesmente calar minha arrogância e me sentar para ouvi-los. Fui ministrado naquele lugar e o Senhor me chamou ao arrependimento. Estes crentes quiseram orar na sala de aula, o que me chocou. Nunca teria esta ousadia ou me submeteria a esta porção de constrangimento nesta época. Minha mãe teve sua oração atendida, pois este colegas se tornaram amigos e irmãos na caminhada.

Este foi o primeiro contato com o que seriam os tais “crentes pentecostais”.

Daí para frente a coisa mudou. Faço das palavras de Jô as minhas: “Meus ouvidos já tinham ouvido a teu respeito, mas agora meus olhos te vêem”.

O Nome “Pentecostal”

O termo Pentecostal tem origem quando o Senhor, cumprindo todas suas promessas, derramou o Espírito Santo sobre a igreja primitiva. Era época da festa judaica de pentecostes (Atos 2), daí o motivo do nome do movimento. O Senhor se manifestou com seu Espírito Santo com grande poder e glória.

[passagens de Atos 2]

E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar – At 2:1

E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados – At 2:2

 E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem – At 2:4

E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, Que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne; E os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, Os vossos jovens terão visões, E os vossos velhos terão sonhos – At 2:17

De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas – At 2:4 

Quem é Pentecostal?

Pentecostal crê:

  • No batismo com o Espírito Santo;
  • Nos dons do Espírito Santo (sem nenhuma exceção);
  • Operação de milagres;
  • Em uma vida de santidade;
  • No novo nascimento;
  • Em viver aquilo que está escrito nas páginas das escrituras na íntegra.

O crente “pentecostal” vibra muito mais com as coisas de Deus do que num campo de futebol.

Muito mais com as coisas de Deus do que na balada.

Muito mais com as coisas de Deus do que na vida profissional.

Muito mais com as coisas de Deus do que em qualquer festa de aniversário.

Muito mais com as coisas de Deus do que em qualquer show mundano.

Muito mais com as coisas de Deus do que em um churrasco.

Muito mais com as coisas de Deus do que estar em uma torcida por um time de futebol.

(…)

O pentecostal crê no preenchimento do Espírito Santo.

O pentecostal busca ter uma fé para mover montanhas e verdadeiramente acredita que é possível.

O pentecostal é aquele crente que não se envergonha da fé.

O pentecostal não se importa com o que estão falando ou pensando dele em qualquer circunstância.

O pentecostal ora em qualquer lugar.

O pentecostal busca o Senhor.

O pentecostal adora com todo seu ser.

O pentecostal se retira em montes e vales para ouvir a voz de Deus.

O pentecostal faz o que Deus manda fazer, pois Deus verdadeiramente fala.

O pentecostal vive na dependência do Senhor.

O pentecostal crê em seu chamado para servir a Deus.

O pentecostal se deslumbra pensando nas coisas de Deus.

O pentecostal se sente privilegiado em ter uma oportunidade para pregar, louvar ao Senhor ou qualquer afazer no Reino de Deus.

Minha Particular Conclusão

O Movimento Pentecostal está ligado com o que descrevi acima (claro que tem lobo em pele de cordeiro, fariseus e hipócritas, como em todo lugar). Sei que o Senhor nunca chamou seu povo de “Pentecostal” nas páginas das Escrituras. Mas é sabido que ser Pentecostal é ser o que descrevi acima. Embora não seja a nomenclatura mais teologicamente adequada, desejo do fundo do meu coração estar ligado ao Pentecostalismo, devido a tudo que faz parte deste movimento, sobretudo santidade, principal característica de quem é batizado com o Espírito Santo. Também, estou certo de que as descrições acima do que é ser Pentecostal vão muito além da descrição de um movimento, são referências diretas ao povo de Deus. Pessoas convictas que não pertencem a esta terra e sabem que na verdade seu RG não tem valor nenhum, pois são concidadãos dos santos, e da família de Deus, conforme Efésios 2:19.

Me orgulho em fazer parte de uma denominação com um fundador que foi um dos grandes precursores do Pentecostalismo.

Caso tenham interesse acessem os links abaixo e saibam mais:

Pentecostalismo – http://pt.wikipedia.org/wiki/Pentecostal

A. B. Simpson – http://pt.wikipedia.org/wiki/Albert_Benjamin_Simpson

Aliança Cristã e Missionária – http://en.wikipedia.org/wiki/Christian_and_Missionary_Alliance

André Aneas,

Um crente pentecostal louco por Jesus

Anúncios

5 pensamentos sobre “Pentecostal

  1. Quem nos dera viver um dia de pentecostes todos os dias de nossas vidas. Dias onde teríamos experiências que marcariam nossas histórias e mudaria a vida de muitas pessoas, dias de temor pela santidade de Deus e convicção de quão próxima está a volta de nosso Senhor.
    Dias de pentecostes nos concederiam poder, não para sermos poderosos, mas poder para testemunhar e levar uma nação inteira a acreditar na grandeza do Ressurreto Filho de Deus.
    Como seria bom ouvir a nosso respeito que “… estes que tem TRANSTORNADO o mundo CHEGARAM TAMBÉM AQUI…” (Atos 17:6), numa clara menção de que se levanta um povo diferente (Malaquias 3:18), inconformado (Romanos 12:2) e que deseja viver um evangelho que transforma vidas, não um evangelho nominal, mas um capaz de transformar vidas.
    Quem sabe um dia… quem sabe??? Talvez esteja mais perto do que possamos imaginar. Quem sabe se nós nos reunirmos para orar (Atos 2:1) e buscar a face de Deus (e não as suas mãos ou o que elas podem dar somente), quem sabe, não vivemos outro pentecostes???

    Deus te abençoe meu querido. Continue, você está em um bom caminho.

    Seu amigo de sempre,

    Wilson

    • Meu irmão e grande amigo,
      Você tem grande participação em tudo que tenho vivido. Agradeço ao nosso Senhor por Ele ter te usado para me ensinar, exortar e até hoje permanecer ensinando.
      Glória a Deus por estarmos juntos neste caminho!

      Te amo em Cristo Wilsão,

      André

  2. É muito bom Quando a gente consegue sentir a tranformação de Deus Plenamente na nossa vida.
    Agradeço a Deus pela obra que ele esta fazendo em você, em mim e em tantas vidas nesse planeta azul. Seu infinito amor amor moeu o meu ego com sofrimento e assim me conectou a ele . Antes do sofrimento eu entendia o amor, depois do sofrimento compreendi o temor e o temor me levou a obediência, a obediência à sua presença e a sua presença à tranformação milagrosa no meu interior.
    Deus te abençoe meu irmão

    • Louvo ao Senhor pela sua vida meu irmão! Gostaria muito de compartilhar seu testemunho aqui no blog. Tenho certeza que muitas pessoas serão impactadas pelo que o Senhor fez na sua vida.

      Te amo em Cristo homem de Deus!
      Forte abraço e que a unção do Senhor venha em porção dobrada sobre ti!

      Seu irmão e amigo

  3. A paz a todos. Sou privilegiado por ter participado deste grupo da faculdade em 2008, posso dizer que também conheci a verdade naquela lugar abençoado. Oremos para que Senhor continue usando servos destemidos para resgatar das garras do inimigo almas tão preciosas.

    Irmão André parabéns pela iniciativa, conte comigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s