Introdução – “Feedback” [Recebendo um “Feedback” de Deus]

feedbackFilhinhos, eu lhes escrevo porque os seus pecados foram perdoados, graças ao nome de Jesus. Pais, eu lhes escrevo porque vocês conhecem aquele que é desde o princípio. Jovens, eu lhes escrevo porque venceram o Maligno. Filhinhos, eu lhes escrevi porque vocês conhecem o Pai. Pais, eu lhes escrevi porque vocês conhecem aquele que é desde o princípio. Jovens, eu lhes escrevi, porque vocês são fortes, e em vocês a Palavra de Deus permanece e vocês venceram o Maligno. – 1 João 2:12-14

Quem não gosta de ser elogiado? Quem não gosta de ter seu trabalho reconhecido? A quem um elogio não motiva a continuar no caminho certo? Um elogio nos motiva a continuar na mesma direção, avançando. Por outro lado, uma repreensão verdadeira e genuína, recebida por quem é humilde para reconhecer falhas, nos provoca a mudar de direção, sair do caminho que nos leva para o local errado e voltarmos ao caminho que nos leva para o “alvo”.

O apóstolo João procura neste trecho incentivar a Igreja. Justificando o motivo de lhes escrever (“eu lhes escrevo porque…”), ele procura incentivar o povo a continuar no caminho correto, no caminho que leva a vida. Ele reconhece que mesmo em meio as investidas dos falsos mestres com seus falsos ensinos, a Igreja tem se mantido fiel a Palavra do Senhor, ao Evangelho de Cristo. Claro que aqueles que lerem as palavras de João e não estiverem sendo fiéis, certamente encararam estes “elogios” de outra maneira. Com inveja ou com temor, quem sabe motivando-os a se voltarem ao caminho correto.

Certo é que o verdadeiro cristão gostaria de ser elogiado por sua conduta. Ter um feedback de como está o caminhar cristão seria algo excepcional, pois poderíamos tomar atitudes para corrigir falhas e nos motivar a continuar nos acertos.

Imagine receber as Palavras do apóstolo João da boca de seu pastor no final de seu ministério, condição em que provavelmente se encontrava João. Imagine receber estes elogios do próprio apóstolo João, o qual aprendeu pessoalmente com o Senhor. Quão tremendo seria!

Mas o que precisa nos inquietar é a realidade que este feedback nos será dado pelo próprio Senhor um dia. E a realidade de que prestaremos contas e de que não haverá mais tempo de corrigir nada deve nos manter alertas como crentes, vigilantes. Daí a importância de compreender aquilo que João disse à Igreja e avaliar nossas vidas diante de Deus para vermos se estamos em condição de obreiros aprovados ou não.

André Anéas

[acompanhe esta série de posts sobre Recebendo um “Feedback” de Deus]

1/8 – Introdução – Igualdade no Corpo [Recebendo um “Feedback” de Deus]

Acesse o link original desta pregação:

Recebendo um “Feedback” de Deus

Ouça o audio:

Faça o download:

Recebendo um “Feedback” de Deus – (download – clicar com o botão direito e em ‘salvar link como’)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s