Conclusão [Ser Crente Pra Valer!]

diferenteConhecemos homens e mulheres da Bíblia que são grande exemplos de fé, crentes pra valer. Vimos também um homem rico, que ao se deparar com as consequência do discipulado optou por sua vida abastada. A questão neste momento somos eu e você. Quem nós somos? Crentes que vivem pela fé no Filho de Deus ou semelhantemente ao homem rico temos simpatia por Jesus e nos falta coragem para nos livrar daquilo que nos resta e que sabemos, por intermédio de Cristo, que devemos deixar?

Quem sabe você seja uma pessoa muito bem intencionada. Você pode estar em busca de sua salvação. Jesus te olha e ama você, da mesma maneira que amou aquele homem. Sabe que no coração dos homens pode existir boa intenção. Porém, boa intenção não salva. Não basta ir atrás de “7 passos para salvação”, ir atrás do guru da salvação, seguir as leis necessárias para salvação. Podem ser boas intenções, mas não passam disto. Ele nos diz que pode faltar alguma coisa. E não se trata de ser um bom cidadão, de não matar, não roubar, etc. Trata-se de deixar de lado TUDO por Ele. Trata-se Dele ser nosso TUDO.

Uma vez confrontados com a graça de Deus – olhando para nós como realmente somos, completamente despidos, nus, sem graça, escravos do pecado, do egoísmo, de nós mesmos, do nosso orgulho, da vaidade – deixando tudo para trás, morrendo para este mundo, seguimos a Jesus. Seguimos. Passo a passo. O observando, o imitando, nos tornando semelhante ao Filho…

Deixando nosso maior amor para Ele:

“Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim; e quem não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim. – Mateus 10:37-38

Dando prioridade para Ele:

Outro discípulo lhe disse: “Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai”. Mas Jesus lhe disse: “Siga-me, e deixe que os mortos sepultem os seus próprios mortos”. – Mateus 8:21-22

Abandonando o pecado que afronta Ele:

Se o seu olho direito o fizer pecar, arranque-o e lance-o fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ser todo ele lançado no inferno. – Mateus 5:29

O que lhe resta para ter a vida eterna e seguir a Jesus? Muitos dizem que precisam deixar de fazer isto ou aquilo para poderem se batizar. Mas, na verdade, precisam deixar de fazer isto ou aquilo para se tornarem cristãos para valer. Ora, quem sabe o que deve abandona, sabe o que deve abandonar. Não para se batizarem, mas para se converter. Não consigo entender um crente indeciso para se batizar. Mas é compreensível, um homem indeciso por deixar o que não lhe é bom para trás e seguir a Jesus.

A conversão é baseada no arrependimento, em uma mudança de mente. Uma vez com a mente convertida, o crente busca abandonar tudo aquilo que está acima de Deus. Isto acontece no início da vida cristã e durante todo seu curso. Porém, algo não muda. O cristão sempre abandona o pecado, sempre escolhe o caminho que agrada a Deus. Tropeça, sim. Mas, pela bondosa mão do Pai é repreendido, corrigido, se levanta e continua. Não desiste. Persevera até o fim!

Testemunho:

Me lembro de uma conversa que tive com alguns crentes da minha sala de faculdade. Eu já era parte da igreja e tocava na equipe de louvor. Porém, nas primeiras palavras trocadas com eles percebi que tínhamos muitas diferenças. Eles não tinham problema algum em falar sobre a Palavra de Deus, sobre Jesus. Não se envergonhavam nem para orar em público na faculdade. Evangelizavam, buscavam ao Senhor.

Eu, ao contrário, era um crente “James Bond”. Me escondia. Tinha vergonha de professar minha fé de maneira clara. Era mais parecido com meus colegas de fora da igreja do que com estes crentes. Falava palavrão, bebia, dava em cima de algumas meninas. Meu orgulho falava mais alto. Não queria de forma alguma ser tachado como “crente”. Hoje vejo que era um péssimo testemunho e que envergonhava a Igreja de Cristo. Não era crente pra valer

Me lembro de um deles, que após uma longa discussão entre eu e eles me disse: se for para ser crente tem de ser para valer. Olhando para história do homem rico se percebe que é isto que Jesus espera. Se você me segue, você me segue. Se não, não.

Sim, a porta é estreita e o caminho apertado, são poucos que encontram. Mas, ou se está neste caminho estreito, caminhando nele, ou se está em outro caminho, no largo. Eu estava no largo. Graças a bondosa mão de Jesus pude ouvir a Sua voz amorosa me dizendo: “André, você não mata, não rouba, não faz tantas coisas, mas resta algo… Deixa seu orgulho e me segue”.

Não me arrependo um segundo por ter me humilhado na presença Dele e seguido, pra valer, o Senhor. O que vivi, vivo e vou viver na presença Dele não tem comparação com nada nesta vida. Sei que se aquele homem rico deixasse suas riquezas, doasse aos pobres e seguisse a Jesus, ele viveria dias tremendos – com perseguição – e teria a vida eterna.

Não é um caminho fácil ser crente pra valer. É necessário perseverança, renúncia, carregar a cruz, ser um discípulo radical, nas palavra de Stott. Todos os heróis da fé pagaram este preço, sem exceção. Muitos perderam fama, bens, até filhos – como alguns missionários em terras longínquas. Mas optaram por ser discípulos e anunciar a Verdade que salva e liberta!

O desafio desta mensagem é deixar de ser o primeiro, para ser o último. Deixar de ser dono de sua vida, para ser escravo de Cristo. Deixar a vergonha de lado e anunciar com ousadia que sim, você segue a Jesus e deixa de lado o que tiver de deixar por amor a Ele. O desafio é trabalhar para o Reino, servindo a todos e não ser reconhecido. O desafio é não fazer nada por aplausos, mas para glória do Rei. O desafio é morrer, para que outros vivam. O desafio é se expor, nem que o custo seja a morte. O desafio é defender o oprimido, desamparado e o pobre, mesmo que ninguém os defenda. O desafio é ser tão parecido com Cristo para dizermos: “me imite!”. O desafio é parar de levar a vida na fé como brincadeira, como religião, como ritual, mas viver a intensidade de cada culto na presença de Deus, de cada estudo, de cada pregação, da comunhão da Igreja e com o Senhor. Sim, o desafio é confiar nas promessas de Deus! O desafio é viver, cada dia, pela fé.

Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta… – Hebreus 12:1

Jesus ama você e te diz que resta alguma coisa a ser deixado de lado… Em seguida, Ele te chama: “Segue-me”. Jesus não deseja que você apenas leia sobre homens e mulheres de Deus, mas que você seja um! O que resta para você?

André Anéas

Acompanhe esta série de posts!

1/4 – Introdução [Ser Crente Pra Valer!]

2/4 – O Homem Rico [Ser Crente Pra Valer!]

3/4 – Análise de Marcos 10:17-31 [Ser Crente Pra Valer!]

Acesse o link original desta pregação:

Ser Crente Pra Valer!

Ouça o audio:

Faça o download:

Ser Crente Pra Valer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s