“Joio e trigo” [Jesus: o poeta da Torá]

“Jesus: o poeta da Torá”: série de mensagens da #IBQ. O evangelho através da voz do próprio Jesus, em parábolas.

No último domingo a reflexão foi na parábola do “joio e do trigo” (Mt 13:24-30). Uma das grandes tentações dos religiosos é achar que podem discernir quem é joio e quem é trigo. Isso é loucura! Esta e outras lições podemos aprender ouvindo Jesus e seu evangelho.

Oro para que você abra seu coração e ouça a voz de Jesus, deixando-a fazer diferença em você.

nEle,

André Anéas

Anúncios

“Tesouros escondidos e pérolas preciosas” [Jesus: o poeta da Torá]

“Jesus: o poeta da Torá”: série de mensagens da #IBQ. O evangelho de Jesus através das muitas parábolas do Mestre.

No último domingo a reflexão foi na parábola do “tesouro escondido” e da “pérola preciosa” (Mt 13:44-46). Nada pode ser mais valioso do que o Reino inaugurado em Jesus. Se não percebemos o quão valioso ele é, ainda não chegamos a uma compreensão plena da preciosidade do evangelho de Cristo.

Oro para que o evangelho de Jesus seja a razão da sua vida, a tal ponto de se “vender” tudo por causa dele!

nEle,

André Anéas

“O servo incompassivo” [Jesus: o poeta da Torá]

“Jesus: o poeta da Torá” é a nova série de mensagens da #IBQ. Você é nosso convidado para partilhar do evangelho de Jesus através das muitas parábolas do Mestre.

No último domingo a reflexão foi na parábola do “servo incompassivo” (Mt 18:21-35). Tempo de perceber o quão óbvio perdoar o próximo deveria ser para quem foi perdoado por Deus…

Oro para que o evangelho de Jesus penetre sua existência!

nEle,

André Anéas

A vida, o discipulado e as tempestades

Graça e paz!

Ontem preguei sobre “a vida, o discipulado e as tempestades” na amada Igreja Batista em Quitaúna. O discipulado cristão acontece na realidade da vida. A realidade da vida, por sua vez, não é um mar de rosas, imune ao sofrimento e “tempestades”. É preciso coragem para encarar a realidade. É preciso coragem para viver a vida pela fé. É preciso respeitar a vida.

Nessa mensagem você será desafiado(a) a compreender que “Deus usa a vida e a vida usa tudo” (Resgate) para nos forjar como cristãos que tem como o grande segredo de sucesso JESUS. Se tivermos fé nEle, andamos sobre o mar. Caso contrário, aprendemos na vida a pedir socorro ao Mestre que, imediatamente, nos socorre. Além disso, somos desafiado no Evangelho a sermos Jesus para os outros, estendendo a mão ao que clama por socorro…

Que o Espírito Santo fale ao seu coração!

nEle,

André Anéas

O Pastor Limitado


Graça e paz!

Compartilho a mensagem que tive a alegria de compartilha na Igreja Batista em Quitaúna em 8/7/2018.

Minha oração é para que você se sinta muito desafiado pelo Espírito Santo. Eu, enquanto pastor e mensageiro, tenho apenas a expectativa em relação àquilo que o poder do evangelho de Jesus fará em sua vida! Sou limitado, mas Ele não tem limites!

nEle,

André Anéas

O Pastor Limitado

Guia politicamente incorreto do crente sobre o inferno

Graça e paz!

Compartilho a mensagem que preguei na Mundo Novo no último domingo. Falei sobre o “guia politicamente incorreto do crente sobre o inferno”, abordando o assunto do inferno de forma bíblica e menos convencional para mentalidade evangélica brasileira.

Minha oração é para que você deixe de construir sua espiritualidade em torno do inferno e passe a ter uma Pessoa como norte: Jesus Cristo.

nEle,

André Anéas

Inferno

Religião de Pedras nas Mãos

A graça e a paz!

Domingo passado, dia 28/01/2018, tive o grande privilégio de compartilhar a Palavra de Deus na Igreja Batista da Graça. Sou muito grato ao professor e pastor Marcelo Santo pelo convite e aos irmãos desta comunidade que nos recebeu tão bem.

Falamos sobre o relato do evangelho de João no início do capítulo 8, em que uma mulher pega em adultério é utilizada como um mero objeto dos interesses egoístas dos religiosos da época de Jesus. Conseguimos perceber neste texto as diferenças entre a “Religião de Pedras nas mãos” e o evangelho de Jesus.

Que o Espírito Santo, Espírito de Jesus, nos ilumine para compreender as escrituras e formar em nós discípulos do Mestre. Que Deus nos livre de nos tornarmos religiosos.

nEle

André Anéas

Religião de Pedras nas Mãos